A lenda de Pedro Cem

pedro-cem

Conta a lenda de Pedro Cem, que o português Pedro Cem era um homem muito rico, e que assim se chamava porque de tudo tinha cem: cem navios, cem camelos, cem rebanhos de cabras, de carneiros, de porcos, etc. Ora vai um dia, estava ele na varanda do sobrado onde morava e, ao ver ao longe, no mar, seus cem vapores que vinham chegando, disse, regaladamente, pra mulher: “Lá vêm meus navios com mais fazendas. A nossa riqueza, mulher, nem Deus pode acabar com ela!” Foi ele dizer isso e logo, lá na barra, os navios foram ao fundo. E atrás dessa perda, tudo se foi indo: os rebanhos, as lavouras, os negócios, tudo se perdeu. Até a casa sobradada, não se sabe como, desabou um dia. E, com pouco, Pedro Cem ficou pobre, sem nada de seu, obrigado até a mendigar pelas ruas. E era com espanto que todos ouviam aquele homem, que desafiara Deus, pedir com voz chorosa: “Dê uma esmola a Pedro Cem, que já teve e hoje não tem…”